Retinopatia Diabética

Retinopatia Diabética – Causas, Sintomas e Tratamento –

Retinopatia Diabética 1Retinopatia diabética é uma lesão provocada em paciente que são diagnosticados com diabetes, é uma lesão na retina que é ocasionada pela doença (diabetes), a doença faz pequenas lesões nos pequenos vasos sanguíneos na retina, esse tipo de caso atinge cerca de  150 mil pessoas  somente  no Brasil, as idades mais afetadas são pessoa entre 40 e 60+ anos.

O diagnostico é feito rapidamente, pois a visão dos pacientes diminui perdendo aos poucos a capacidade de leitura podendo levar a cegueira. A retinopatia diabética é dividida em duas partes que são:

Não proliferativa: Esse é o primeiro estagio da doença, onde afeta principalmente a mácula ( o centro da visão ), nesse estagio ocorre edema e aneurisma na retina podendo levar a cegueira.

 

Proliferativa: Estagio mais grave da doença, é onde há o crescimento dos neos vasos sanguíneos na retina, com isso faz com que ocorra sangramento e fibrose, esse estagio leva a perda súbita da visão essa perda pode ser decorrente a um sangramento ou pelo fato de ocorrer o deslocamento da retina.

Retinopatia diabética Sintomas

Para diagnosticar a doença no estagio inicial é necessário fazer exames, pois normalmente no inicio a doença não apresenta sintomas visuais, geralmente os exames são realizados com a dilatação da pupila, para poder detectar alguma alteração no fundo dos olhos e fazer o tratamento mais cedo, pois quantos antes diagnosticados maiores a chances de preservar a visão. Já nos estágios avançados já existem sintomas como:

  • Manchas na visão;
  • Visão embaçada;
  • Perda da visão central ou periférica;
  • Distorção na visão;
  • Retinopatia diabética tratamento;

Deve-se ter o controle da diabetes, isso pode ser feito com uma dieta adequada, com o uso de medicamentos, uso de insulina tudo indicado pelo medico.

Retinopatia Diabética – Causas, Sintomas e Tratamento –
5 (100%) 29 votes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *